Consulte aqui

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Oi.

Boa noite galera!

E ai tudo bem com vocês?
Graças a Deus que eu to muito bem.
Só estou passando pra dar uma boa noite a todos
Abraço e Beijo
Fui


terça-feira, 19 de agosto de 2014

domingo, 17 de agosto de 2014

Para todas as Mulheres!

Mulheres, aprendam: todos os homens são idiotas! Mas existe uma diferença entre o idiota que faria tudo pra te ver feliz e o idiota que só fode a sua vida. Eles não são iguais, e muito menos são os mesmos. Pro homem só existe dois tipos de sorriso: de felicidade ou de tesão.

Basta diferenciar no sorriso dele ao te ver.

Thiago Brava (part. Lucas Lucco) - Cada Um Com Seus Problemas (DVD Ao Vi...

sábado, 16 de agosto de 2014

Pensamento!

Boa tarde pessoal.

Como vão vocês?

Eu estou bem Graças a Deus, Eu faz tempo que não escrevo aqui.
Obrigado a todos que estão me seguindo no meu Blog.
O meu Blog tá fazendo muito sucesso.
Hoje vou fazer um Happy Hour com a minha irmã e eu gosto muito

Abraço e Beijo pra todos e Fiquem com Deus. 

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Pensamento!

Boa noite pessoal.

Hoje vai uma frase boa.

Ei, psiu! Tira a mão do celular e coloca na consciência. Chega de esperar uma ligação que nunca acontece. O celular dele não quebrou, ele não está tão ocupado assim, e não é o sinal da operadora que está ruim. É clichê falar que você não merece isso, mas infelizmente a realidade é essa. A sua vida não é fila do SUS pra você ficar sentada esperando a boa vontade dos outros para cuidarem de você. Levanta essa cabeça, engole o choro, engole as indiretas e as mil verdades que você tem pra falar na cara do fdp. Tem muita gente por aí que você nem sonha que ainda vai conhecer, e gente que você já conhece mas não repara, porque perde tempo demais observando quem não te vê.

sábado, 7 de dezembro de 2013

Milhões de facetas do amor

A gente sempre ouve falar de amor, que o amor é isso, que o amor é aquilo, que o amor é tudo...Afinal, o que é o amor? 

Para mim, o amor é mais um mistério que a vida traz. Chega na mansidão e, quando a gente menos espera, cavou todo o nosso coração. E é interessante pensar que quanto mais a gente procura o amor, mais ele desaparece na multidão. É preciso esperar por ele, porque certamente ele surge para cada um.

Tem gente que procura o amor há anos. Aí quando esse alguém decide dar um tempo e pensar em outra coisa, adivinha quem bate a porta? Todo saltitante, lépido, feliz e descarado, lá vem o amor.

O amor faz com que a gente faça coisas que nunca nos passaram pela cabeça. O amor é sacana, é inconveniente, é chato. O amor é uma praga. Dá vontade de se embriagar com muitas doses de amor, só para ter o prazer de vomitar tudo depois. Mentira.

Talvez o amor faça com que a gente não dê ouvidos ao nosso passado e aos que não o encontraram ainda. O amor é mágico. O amor é seguro de si, e isso transparece em nós.

O amor é vital. Quando a gente encontra quem a gente quer, não tem jeito. É aquilo e pronto. Pode acabar o mundo e a gente não se importa. Isso é amor.

O amor me pegou.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Apaixonado guerreiro convicto de todo santo dia.


Um dia me obrigaram a ir à luta. Eu acabei indo e, como se fosse pouco, acabei me apaixonando pela arte de guerrear todos os dias.

Não chego a ser um moicano, como David Day-Lewis; muito menos um Mel Gibson, atuando em Coração Valente. Só que sou um guerreiro, assim como tantos outros espalhados pela grande Via Láctea que nos comporta. Sou ciente de que posso me envolver a qualquer momento em sérios riscos. Riscos estes, não tão fáceis de se contornar assim. Riscos que podem e pretendem causar destruição, provocando múltiplas escoriações num corpo frágil. Querem que muitos desistam da missão particular que cada um tem. Olha, eu não vou desistir, não. Prefiro sentir na pele, já que estou apaixonado a ponto tal que chego a confundir brasa com brisa.

Só que se apaixonar tem lá seus fatores agravantes. Diria mais: tem lá suas complicações e restrições. Quando você se apaixona, se dedica inteiramente àquilo. Verdade ou mentira? Pois bem, quando fazemos isso, abdicamos um Universo de coisas que construímos, estávamos tentando construir ou pensávamos em construir. Não deveria ser assim. Tudo deveria se encaixar perfeitamente, sem possíveis margens de erro. Claro que nunca será assim. Nosso mundo sempre será às avessas, tão distorcido quanto o futuro de um traficante de drogas que sonha em ser diplomata.


Ainda assim, eu sonho que haverá aquele dia tão esperado. O dia em que a burocracia não impedirá ninguém de procurar a felicidade. Nada de choro, nada de dor, nada de crises existenciais. Felicidade seria a tônica da sociedade.

Até lá, muita coisa pode mudar e eu sei disso. Todos nós sabemos disso, afinal. Até lá, a guerra pode ter me levado embora, assim como muitos de nós. Não é culpa nossa, tampouco incompetência. Nunca saberemos lidar com isso exatamente, por mais que a gente tente de várias formas. Por mais que cientistas descubram a cura de tal doença, o remédio para tal enfermidade, o milagroso antídoto para que tal vírus pare de ser proliferado por aí, enfim. É o que é, fim de história.

Enquanto isso, eu continuo em pé. Firme, tentando conquistar prerrogativas ao longo da jornada. Não é fácil, exige muito de mim. De vez em quando aperta meu coração, admito. Mas não vou desistir, não. As feridas sempre existirão e eu já tenho muitas, de tanto perambular cansado e não arrumar saída para as condições. Um dia arrumei e saí, mas as feridas ficaram. Tenho marcas remanescentes. Talvez isso nem venha ao caso.

O fato é que realmente estou apaixonado e admirado pela vida que tenho tido ultimamente. Vida de guerreiro, cheio de méritos. Sigo em frente, ignorando o que eu sei que pode me fazer mal. Estou orgulhoso de mim, no fim das contas.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Um amor verdadeiro.

Um amor verdadeiro nunca acaba,tem q ser um cara honesto,bacana,sincero,perfumado etc...tem q fazer tudo o q ela quer,comprar o q elas gostam,isso é uma realidade. tem que ter inspiração por elas...eu preciso ter calma e esperar uma dela chegar em mim,sou um astro q mostra a qualidade e tudo mais...

Eu sou bonzinho,nunca vou trair ninguém no amor. mais ás vezes tem q brigar por algum motivo,respeitar a mulher q vc ama,isso é bom sinal q ela ama vc também...

Valorizar cada coisa q ela tem e pode prejudicar alguma falha,por isso eu sou valorizado,não sou mais criança,sou adulto... cuidar das falhas,e sem cometer erros...

Ciúmes,pode terminar um amor e ninguém vê.... tem q ter cuidado pra não se arrepender....eu não sei se sou ciúmento,só ver na hora se vou reagir ou não...

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Thaeme e Thiago - Opostos



Opostos Thaeme e Thiago
Enquanto acordo cedo, levanta tarde
Se chego do trabalho, tá arrumado pra sair

Sou tipo estourado, você é calmo
Sou séria o tempo inteiro, você só sabe sorrir

Bagunceiro, e eu organizada
É baladeiro, e eu sou de casa
Sou seu oposto, meu contrario é você
O jeito avesso faz a gente parecer

Opostos, Completos
Arruma o meu jeito que eu te conserto
Opostos, Completos
Somos tão diferentes, por isso dá certo
Opostos, Completos
Arruma o meu jeito que eu te conserto
Opostos, Completos
Somos tão diferentes, por isso dá certo

Enquanto anda a pé, eu ando de carro
É geração saúde, e eu mal sei cuidar de mim

Adoro cozinhar, e ver você fingir
Que gosta do que faço, só pra me fazer feliz

Bagunceiro, e eu organizada
É baladeiro, e eu sou de casa
Sou seu oposto, meu contrario é você
O jeito avesso faz a gente parecer

Opostos, Completos
Arruma o meu jeito que eu te conserto
Opostos, Completos
Somos tão diferentes, por isso dá certo
Opostos, Completos
Arruma o meu jeito que eu te conserto
Opostos, Completos
Somos tão diferentes, por isso dá certo
Opostos, Completos
Arruma o meu jeito que eu te conserto
Opostos, Completos
Somos tão diferentes, por isso dá certo


http://www.vagalume.com.br/thaeme-e-thiago/opostos.html#ixzz22J93HOtg

domingo, 29 de julho de 2012

Entre quatro paredes.

Entre quatro paredes, não há como responder por si. É o desejo que alimenta o desejo de outro alguém.

Entre quatro paredes, é verdade, dificilmente alguém sai ileso. E quem quer sair ileso de uma tentativa linda e sem pudor de se conseguir prazer? Entre quatro paredes, também não é só prazer. É olho no olho. É coisa séria. É paixão envolvente.

Entre quatro paredes, palavras são pouco. Talvez até nem seja necessário falar, somente sentir silenciosamente o prazer de se encontrar encurralado.

Entre quatro paredes, a dor é irrisória, quase inexistente. Entre quatro paredes, não há dúvida: é cada um por si, mas nada impede que também seja todo mundo por todo mundo.

Entre quatro paredes, é tudo bem planejado. Normalmente duas pessoas que formam um só corpo para, mais tarde, originar mais um, quem sabe mais um monte. Pura matemática ardente. Pura matemática indecente.

Entre quatro paredes, a escolha pode ser decisiva, assim como pode não valer nada. Depende do instante, depende de quem faz, depende de querer, depende de poder. Ao mesmo tempo, engraçado não depender de nada, exceto mergulhar sem vergonha na aventura.

Entre quatro paredes, meus amigos, tudo pode acontecer.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Ainda dá tempo.


A gente vive num mundo cruel. Nossas intenções nem sempre são as mais puras e verdadeiras, por mais que muitos discordem. Somos cruéis e muito, afinal.

E essa crueldade oriunda do ser humano vem de encontro com a vontade de ser alguém melhor. Sem querer, nós caímos em contradição inúmeras vezes por conta disso. Não só por conta disso, mas por várias outras particularidades. Somos nós, os humanos cheios de defeitos.

Quantas vezes nós procuramos entender o motivo de não termos recebido ao menos um telefonema agradável no dia? Já parou para pensar que há dias em que a ligação deve ser feita por nós a alguém? Muita gente espera, pouca gente faz. É a realidade.

Apesar de termos defeitos, o dia nasce nos dando a chance de redenção. Aquela chance única - talvez chance última -, de agir mediante um juízo adequado. Resumindo, é como o céu se abrisse diariamente para uma oportunidade lançada a cada um. O que devemos fazer é simplesmente mergulhar, como se fosse a grande cartada, ainda que não seja. Afinal, não temos o dom de prever as coisas. Este pode ser o último momento de minha vida, eu não sei. Ninguém sabe aqui por perto.

Não podemos nos dar ao luxo de alimentar problemas e represálias. Ninguém quer se despedir com culpa. Portanto, agarre a chance. Ela brilha, brilha imensamente. A magnitude dela é visível e bem possível de ser alcançada. Basta querer de todo o coração.

A sorte foi lançada, enfim. Caso precise pedir perdão a alguém, peça já; se você ainda não disse que ama seus pais e seus parentes hoje, diga de uma vez e relembre toda vez que quiser; se algo tem incomodado seu sono e você sabe como pode acabar com qualquer tipo de culpa ou sentimento de rancor, é bom fazer logo também.

A hora é essa, ainda dá tempo. Seremos melhores, basta confiar e agir verdadeiramente. Nem sempre é fácil, mas já passou da hora de tentar.

sábado, 21 de julho de 2012

Sangria néscia.

Já imaginou quantas vezes você pode se apaixonar nessa vida? Mais engraçado ainda: já parou para pensar que, daqui a pouco, você já não se preocupará tanto com isso e deixará que as coisas fluam sem maiores questionamentos?

Pois é. Muitas vezes, nós agimos como verdadeiros glutões, prontos para devorar a ansiedade, definitivamente eufóricos em busca de ventura ao lado de outrem. Até mesmo aquele quadrúpede que você nunca achou que se apaixonaria, acaba virando um gentleman. O amor também faz milagres.

Obviamente, é muito bom amar alguém e sentir que esse mesmo amor se corresponde, multiplicando emoções, desejos, sentimentos, paixões e segredos. É muito bom sentir o sangue de aspecto bem escarlate correndo em nossas veias, sabendo que vamos olhar para esse processo tão natural com olhos intensamente apaixonados.

Da mesma forma, é bom acordar pela manhã, escovar os dentes, tomar banho e, logo após sair do chuveiro, ainda parecer o mesmo bobo, apaixonado, percebendo que a água fervente e rebentada no corpo nu não foi suficientemente capaz de penetrar no coração, que se julga concho.

O amor não deveria ter qualidade dubitativa, em nenhum momento. Porém, tem. E, se no primeiro momento que existir dúvida, cada um de nós sucumbir...Então, como tudo fica? Já parou para imaginar? A dor vai permanecer, as marcas vão continuar ali e a dúvida, que parecia ter se despedido da gente, saiu para dar uma volta e, pasmem, acabou atingindo mais de mil nessa atitude lúdica e ilusória. Pior: ela volta mais forte ainda e atinge o nosso sábio coração.

Passa o tempo, o mundo dá voltas e, às vezes, essas voltas dão vontade de expelir tudo aquilo que passamos e não aguentamos mais armazenar em nós. A gente sofre com as inúmeras voltas e mudanças. Entretanto, sempre há a redenção. Você tem uma nova chance, vá lá e faça tudo o que esqueceu de fazer antes. Afinal, você se julga maduro agora.

É bom tentar esquecer, recomeçar. Possivelmente, haverá retrocesso. Mas quem liga para isso, se a vontade é crescer? E se for mesmo necessário? Tente, tente e tente mais uma vez. A força pertence a quem não desiste de buscá-la.

A sangria parece ser envolvente e lasciva, mas não passa de bruta cascata radioativa. Procure o amor, em vez de se ocultar do mesmo. Caso já tenha encontrado, não o deixe. Vá por mim, não o deixe.